quarta-feira, 1 de março de 2017

Médica de Curitiba é acusada de inventar doença para afastar mães e filhos



Médica de Curitiba é acusada de inventar doença para afastar mães e filhos

Por Marise Jalowitzki e Fabiana Rossi
01.março.2017
http://tdahcriancasquedesafiam.blogspot.com.br/2017/03/medica-de-curitiba-e-acusada-de.html


No artigo anterior, a mãe Wandy teve seu filho retirado de sua guarda e proteção sob a alegação de "dar muito Amor" ao filho o que, segundo o entendimento (da médica e da juíza), estariam "atrapalhando o desenvolvimento" do pequeno!!
Veja aqui:
Ação arbitrária aconteceu no Hospital de Clínicas de Curitiba,o mesmo
 que a tempos atrás teve caso de rapto de criança lá dentro

Precisamos DEMAIS de Relação de nomes de Advogados, precisamos de ENTIDADES que defendam os pacientes e-ou seus familiares dos erros médicos e ações arbitrárias! Outros países tem esses órgãos. Onde estão os nossos???






A alegação incluiu, ainda, a mesma síndrome de Münchaussen, onde a mãe supostamente inventa doenças para o filho, para atrair a atenção para si!!!

Agora, olha a superação desta mamãe, diagnosticada com autismo, a fim de porporcionar ao pequeno a realização de um sonho!

Olha a mensagem que a amiga Fabiana Rossi encaminhou:


"Marise essa familia é muito querida por mim,so conheço pelo face,mas acompanho a muito tempo e o face dela é um diario. Muitas provas ali de bons tratos.

O garotinho foi diagnosticado com várias doenças nesse pequeno tempo de vida dele.
Até alergia a corantes ele tem.

O pequeno Bruno queria ganhar uma coca-cola do Papai Noel, diretamente em sua casa, com aquele caminhão enorme, no Natal.
Mesmo com as limitaçoes de autista, ela fez o gosto do filho  e escreveu a cartinha.
Ela tem muito medo de pessoas fantasiadas (palhaço, papai noel e tudo mais).
Quando o caminhãoo da coca cola foi até a casa dela, ela, como mãe, ficou um pouco escondida rsrs...
A notícia acabou sendo divulgada no jornal da cidade."




O artigo de ontem recebeu ampla divulgação e, no dia de hoje, não paramos de contatar, informar e divulgar os dados que temos.

Também recebemos muitas outras informações e, infelizmente, ficamos sabendo que este caso não é único - de emitir sempre um diagnóstico para a mãe e proceder a retirada da guarda do filho, e, segundo informações, a médica seria também a mesma. E, em 2014, também a mesma juíza que acolhia a petição da psicóloga-voluntária e emitia o pedido de retirada imediata do convívio com a mãe.

Em 2014, para 3 mães, foi emitido o mesmo "diagnóstico": Síndrome de Münchhausen Por Procuração. Sempre envolvendo a mesma psicóloga-voluntária (Sim, ela nem tem vínculo emprecatício com o Hospital de Clínicas de Curitiba) e a mesma juíza!

Síndrome de Münchhausen:



Sindrome de Münchhausen Por Procuração é quando a mãe, por exemplo, inventa doenças em seu filho para poder atrair a atenção para si própria!


Repasso os videos cujos links recebi:

https://www.youtube.com/watch?v=69HKEiISfRE
Médica de Curitiba é acusada de inventar doença para afastar mães e filhos 15/08/14
TV Tarobá Cascavel

aconteceu dia 26.fevereiro.2017, novamente, no mesmo hospital, com a mesma médica!!

Por favor, Advogada Eliziane Maluf, entre em contato! Eis o video com a denúncia das mães: https://www.youtube.com/watch?v=69HKEiISfRE  e este é o link mostrando os fatos - http://tdahcriancasquedesafiam.blogspot.com.br/2017/02/mae-autista-tem-filho-arrancado-dos.html - estou tentando por aqui!!

quem puder ajudar, divulgando, ou, ainda melhor, conseguindo um contato com advogado de Curitiba, maravilha! (Marise Jalowitzki - inbox ou pelo e-mail marisejalowitzki@gmail.com ou com Fabiana Rossi) Gratidão



MAIS CINCO MULHERES SE JUNTAM PARA PEDIR GUARDA DOS FILHOS


 - http://www.tribunapr.com.br/painel-do-crime/mais-cinco-mulheres-se-juntam-para-pedir-guarda-dos-filhos/

Mãe de criança, após ter seu filho arrancado de seu braços, morreu por depressão, declara avó –
Atualidades com Olga Bongiovani – Jornalista Alan Medeiros
Atualidades - bloco 3 (1) 15/08/14 - TV Tarobá Cascavel -



https://www.youtube.com/watch?v=o_yBke86icM - Caso mãe Maria Jandira – “Eu recebi uma ordem da juíza e a partir de hoje, vocês não vão mais ver seu filho!” Depois, levaram os outros dois filhos.
Advogado entrevistado pela Olga é Dr. Renato Shiratori


Atualidades - bloco 3 (2) 15/08/14

https://www.youtube.com/watch?v=V8NP6cUXW7g&feature=share
Caso Marcia - Dizem que a médica – psicóloga – é médica voluntária, não dá entrevistas. Deu foi a decisão de retirar os filhos das mães e fornecer laudos de que as mães tem a síndrome de Mundschausen – avó tem negada a guarda

Mãe anônima – filho foi adotado – mãe não o vê agora há 7 anos -
Em 2014 a advogada dizia que o processo ainda estava em fase de recurso. Ninguém sabe onde está a criança.
Juíza titular da 1ª Vara da Infância e Juventude – Dra. Lidia Munhoz Mattos Guedes – em 2014






Esperando muito que se esclareçam os fatos!! E que as mamães possam reaver seus filhotes!!






5 comentários:

  1. Então é assim, a médica acorda com o pé esquerdo, decide tomar o filho de alguém e simplesmente tira a guarda das mães? Lamentável.

    ResponderExcluir
  2. tenho pra mim que tem muito mais neste caso!!! adoções rápidas demais, como denunciam os próprios videos da tv em Cascavel!

    ResponderExcluir
  3. Por que poupam a médica de ter seu nome divulgado? Era a primeira coisa que tinha que acontecer! Quem é essa médica?

    ResponderExcluir
  4. Isso é caso de polícia, urgente.
    Me admira tanta gente envolvida e nada é feito.
    Nunca vi retirar crianças tão facilmente de casa. Isso é um crime muito sério. Cadeia pra essas 3 lojas e cretinas.

    ResponderExcluir