quinta-feira, 9 de março de 2017

Garota morta em escola em Cachoeirinha reabre discussão sobre situação de Escolas



Homeschooling seria solução para muitas crianças e jovens que sofrem bullying?
Sim, Homeschooling ainda não tem aprovação no Brasil, manter a criança fora da escola é considerado abandono intelectual. com sanções previstas no Código Penal, artigo 246. Mas, neste momento, há uma brecha. STF congelou os processos temporariamente e não está aceitando novos. Enquanto isso, mais e mais pais e mães vão se tomando de coragem!

Exposição a bullying torna a vida de muitas crianças e jovens um inferno na escola, quando este deveria ser um período de aprendizagem gratificante e enriquecedor.




Por Marise Jalowitzki


A triste ocorrência notificada nesta quinta-feira (09) dá conta da morte de mais uma jovem, morta por estrangulamento, dentro da Escola, em Cachoeirinha, região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul!!

A garota era tímida, avessa a selfies e sem querer mostrar o rosto em postagens nas redes sociais, sonhava em ser médica.


Marta Avelhaneda Gonçalves, 14 anos, filha de pais separados, foi morta na Escola Estadual Luiz de Camões, em Cachoeirinha. Morou toda a sua curta vida no Bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre, junto com sua mãe e irmã mais velha. O laudo do DML dá conta de morte por asfixia, ossos do pescoço quebrados. Extrema violência! Como se trata de assassinas de ‘menor idade’, os nomes das infratoras não são divulgados.

E onde estava a direção da escola? A vigilância? A segurança? Isto existe em escola pública? É sabido que na hora do intervalo é quem acontecem as desditas, especialmente nos banheiros. Porém, já houve casos  de violência, fatal ou não, em pleno pátio, dentro de sala de aula, como nesta situação! Não sabemos detalhes, se a professora saiu aos gritos procurar reforço, se estava em sala, se deixou a coisa acontecer... o que importa é comentarmos sobre o caos social em que estamos imersos!

O bullying e a violência em escolas particulares não é diferente, só que, mesmo quando videos de agressões tremendas são divulgados na web, com os risos dos agressores, expondo a vítima de maneira atroz, os casos são abafados!!!

Agora, os noticiários locais divulgam comentários sobre mais uma vida ceifada, sobre leis e sua ineficácia, sobre agressão! Sobre sonhos e realizações abortados!
E uma lei fraca, um sistema de reabilitação falho, pouco ou nada vai fazer de efetivo para "reabilitar" jovens infrator@s!!!

A questão está reaberta:

Podem os pais ficar tranquilos sabendo que seus filhos estão na Escola e não nas ruas?

O sistema educacional está falido, críticas cada dia mais contundentes são divulgadas, seja através de informações sobre segurança, jeitos de tratar dos professores, bullying dos colegas e demais integrantes da instituição de ensino, metodologia arcaica, conteúdos ultrapassados e-ou de pouca ou quase nenhuma utilidade. Horários rígidos, apresentação sem atrativos, crianças e adolescentes sempre mais violentos... o que as escolas, no geral, sabem exigir dos pais – com tantas famílias desestruturadas e-ou ausentes é que os pais mediquem seus filhos com psicotrópicos.



Homeschooling ou Unschooling seria a solução???

Homeschooling (estudar em casa) e Unschooling (estudo individual), termos da língua inglesa, são práticas que crescem a cada dia no Brasil. Estimam-se que 6 mil crianças, atualmente, são alfabetizadas em casa, em nosso país. (Definição no Brasil: Ensino Doméstico - veja AQUI )

Pais de crianças sensíveis, que sentem dificuldade em aceitar este sistema ultrapassado de "sentar-ouvir-copiar-responder-a-resposta-certa"... estão saindo à procura de outras metodologias, pais que estão dispostos a "arregaçar as mangas" e fazer de tudo para que seus filhos não passem pelo traumático processo de rejeição estão optando por retirar seus iflhos da escola convencional, preparando-os para serem adultos saudáveis. Sim, isto ainda é proibido no Brasil, manter a criança fora da escola é crime previsto no Código Penal, artigo 246, considerado abandono intelectual. Os pais que se dispõem a pagar o preço de um processo, contratam um advogado, por vezes recebem uma autorização judicial, senão, vão arrastando o processo por anos (tudo previsto na lei) e, enquanto isso, a criança vai se apropriando de conhecimentos efetivamente válidos, sem traumas, sem bullying, sem humilhações...sem ritalina e seus 'parentes'..

Os filhos seguem uma vida livre, obtendo os conhecimentos que realmente lhes interessa, seguindo geralmente os negócios dos pais
ou, caso a intenção seja o ENEM,
vão aprendendo os conteúdos tradicionais da melhor maneira possível, seja através dos pais, em horários flexíveis, com outros métodos, ou através de cursos na internet, ou contratação de professor particular que vai em casa ensinar. Depois, prestam exames supletivos e, uma vez habilitados, inscrevem-se nos vestibulares tradcionais.




No momento atual, há uma brecha concedida pelo STF - Superior Tribunal Federal, não aceitando nenhum novo processo de contestação por parte de qualquer um dos órgãos (Conselho Tutelar, Escola, etc.) e "dando um tempo" em todos os demais processos que tramitam.

Sim, pois muitos pais optam por alfabetizar (e muito mais, todo o ensino) seus filhos em casa, cansados de ter seu filho humilhado pelo atual sistema, seja pelos professores e suas queixas intermináveis (ainda mais em escolas particulares), seja pelos colegas, onde as crianças que possuem diferentes inteligências para aprender passam por bullying, viram chacota, recebem agressões, sem que nada aconteça. Crianças que, desde pequenas, sofrem a angústia de uma metodologia ultrapassada e de professores intolerantes.

No sistema público, o caos de turmas com mais de 20 (por vezes, 50!!!) alunos. Na escola privada, mesmo com turmas menores, pais são frequentemente "convidados" a retirar seu filho daquela escola "para o bem dele"... mesmo sendo proibida por lei a chamada 'transferência compulsória'!! (Veja AQUIIlegalidade da expulsão ou transferência compulsória de estudante - link: https://jus.com.br/artigos/28293/ilegalidade-da-expulsao-ou-transferencia-compulsoria-de-estudante )

A verdade é que algo precisa acontecer em relação ao Ensino Tradicional, a todo o nosso Sistema Educacional, urgentemente!! Assim como está, não dá!!

À exceção das escolas particulares que adotam as metodologias Waldorf e Montessoriana, pouquíssimas instituições educacionais oferecem mais liberdade da aprendizagem, que deveria ser um processo prazeroso! (Querendo, conheça nossa RELAÇÃO DE ESCOLAS ACOLHEDORAS, uma pequena iniciativa para tentar mostrar o que já existe de bom e incentivar novas práticas - link: http://tdahcriancasquedesafiam.blogspot.com.br/2016/02/tdah-relacao-de-escolas-acolhedoras-que.html ).



Um pai escreve:


Homeschooling

Homeschooling não é escola dentro de casa ! O modelo, materias, ritmo, objetivos ...os pais vão decidir.
Lógico que se o objetivo for o ENEM, você precisa descobrir a materia que será cobrada e trabalhar em cima dela !!!
Pense numa criança renascida !!!!
Não tenho como descrever o tamanho das melhorias do meu filho após sair da masmorra, digo, escola !!!! Ele começou a viver agora, com 11 anos !! Em todos os aspectos melhorou 90% !!!
Não estou falando que é a solução para todos, mas o que eu estou assistindo deixou até a equipe de terapeutas de queixo caído !!!!

Relato de pai e mãe:

Gostaria de fazer um relato que pode ser bastante esclarecedor sobre o mundo TDAH para as crianças !!
Após 7 anos tentando enquadrar de forma dramática o nosso filho ao sistema escolar, que culminou no ano passado com uma agressão realizada pelo professor de ed. Física contra o pequeno de 11 anos, decidimos aderir ao homeschooling !!!!
Esta semana , num momento de relaxamento ele comentou conosco :
- Pai, mãe, vocês sabem o que é o mais legal no homeschooling ???
Pensei na quantidade extra de esportes, lazer, recreio, ou na tão odiada tarefa de casa..... Mas a resposta me surpreendeu por me fazer lembrar do básico :
- O mais legal do homeschooling é não precisar ficar sentado !!!!

Uma mãe escreve:


Ge Paier
A escola é o lugar mais seguro pra deixar nossos filhos? Por isso a cada dia mais famílias optam por educar seus filhos em casa. Por isso o Hs só cresce. 😠😵😋🚑🙊

Estudantes de Direito, busquem informações sobre Direito Educacional. O Homeschooling só vai crescer nesse país.


Um pai sugere:


Ari Soares
Desescolarize-se. ..
Salve seu filho das escolas mini-presidios!







Toda criança pode aprender, desde que sejam respeitados os seus limites, tempos e reconhecidas as suas potencialidades. Veja a seguir uma reflexão a respeito das razões que muitas vezes podem levar as crianças a encontrarem dificuldades para aprender. Leia mais AQUI: http://www.todacriancapodeaprender.org.br/e-quando-a-crianca-nao-esta-conseguindo-aprender/

Você conhece o PEI - Programa de Enriquecimento Instrumental?  Também conhecido como: Plano de Ensino Individualizado
O PEI (Plano de Ensino Individualizado) é uma possibilidade onde o conteúdo a ser trabalhado passa por um processo de personalização, considerando o que é relevante para cada aluno.  A escola e a família podem trabalhar juntos desde a escolha desse conteúdo e habilidades, até a forma de trabalhar. Leia mais AQUI: http://www.projetoamplitude.org/blogpedagogia/pei/
Leia também: Você consegue imaginar esta criança (EUA) dentro de uma escola convencional?? Pais, estejam atentos para a singularidade de seu(s) filho(s)! Não abortem sua genialidade! Se não se enquadram nos métodos tradicionais, tentem o homeshooling (estudar em casa, do seu jeito!).

Menino Ramses Sanguino"um dos mais inteligentes cinco anos de idade do planeta ', já está aprendendo sete línguas e resolução de equações matemáticas complexas - foi filmado aparentemente demonstrando telepatia em sua casa em Los Angeles, Califórnia. 

Dra. Powell afirma ter encontrado sinais de telepatia em pelo menos sete pessoas diferentes e estuda agora formas de expandir esta 'linguagem' para outros indivíduos em igual condição. MARAVILHA!

Quanto mais conheço, mais tenho certeza que é o Entendimento, a Aceitação das Diferenças, o fim do preconceito em todas as suas formas e um COMPROMISSO COLETIVO COM O BEM ESTAR DE TODOS OS SERES é que tornará esta humanidade, finalmente, mais humana e feliz.
A mãe declara: "Nós temos uma ligação muito estreita que pode ter algo a ver com suas habilidades - mas isso está além de qualquer coisa que eu poderia ter imaginado".


 Marise Jalowitzki é educadora, escritora, blogueira e colunista. Palestrante Internacional, certificada pelo IFTDO - Institute of Federations of Training and Development, com sede na Virginia-USA. Especialista em Gestão de Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas. Criou e coordenou cursos de Formação de Facilitadores - níveis fundamental e master. Coordenou oficinas em congressos, eventos de desenvolvimento humano em instituições nacionais e internacionais, escolas, empresas, grupos de apoio, instituições hospitalares e religiosas por mais de duas décadas Autora de diversos livros, todos voltados ao desenvolvimento humano saudável. marisejalowitzki@gmail.com 

blogs:
www.tdahcriancasquedesafiam.blogspot.com.br


LIVRO TDAH CRIANÇAS QUE DESAFIAM
Informações, esclarecimentos, denúncias, relatos e dicas práticas de como lidar 
Déficit de Atenção e Hiperatividade


Video no youtube - QUANDO SINTO QUE JÁ SEI
https://www.youtube.com/watch?v=HX6P6P3x1Qg



Nenhum comentário:

Postar um comentário